Significado de Valor Intrínseco da Opção

Compartilhar o significado de Valor Intrínseco da Opção no Facebook

O valor intrínseco de uma opção é um conceito fundamental no mercado financeiro, especialmente no contexto de opções de compra e de venda. No caso de uma opção de compra, o valor intrínseco é calculado como a diferença entre o preço a vista de uma ação objeto e o preço de exercício da opção. Por outro lado, em uma opção de venda, o valor intrínseco é a diferença entre o preço de exercício e o preço a vista.

Essa diferença entre os preços de exercício e a vista é o que determina o valor intrínseco da opção. Quando o valor intrínseco é positivo, a opção é considerada "in the money", ou seja, possui valor real e potencial de lucro. Por outro lado, quando o valor intrínseco é zero ou negativo, a opção é considerada "out of the money" e não possui valor real no momento.

É importante ressaltar que o valor intrínseco da opção não leva em consideração outros fatores que influenciam o preço de uma opção, como a volatilidade do mercado, o tempo restante até a expiração da opção e as taxas de juros. Por isso, o valor intrínseco é apenas uma parte do valor total de uma opção e não deve ser o único fator considerado na hora de tomar decisões de investimento.

Em resumo, o valor intrínseco da opção é a diferença entre o preço a vista e o preço de exercício, sendo um indicativo do potencial de lucro da opção. Entender esse conceito é essencial para investidores que operam no mercado de opções, pois ajuda a avaliar o risco e o retorno de cada operação. Por isso, é importante considerar o valor intrínseco juntamente com outros fatores para tomar decisões de investimento mais assertivas.

Voltar para ajuda