Significado de Unidade Fiscal de Referência (UFIR)

Compartilhar o significado de Unidade Fiscal de Referência (UFIR) no Facebook

A "Unidade Fiscal de Referência" (UFIR) foi criada em janeiro de 1992 com o objetivo de estabelecer um índice de reajuste para os impostos. A UFIR era utilizada como base para calcular os valores a serem pagos em tributos, como forma de atualizar monetariamente os montantes devidos.

O cálculo da UFIR era realizado com base na média dos juros diários praticados pelos bancos. Isso resultava na definição da UFIR diária, que era utilizada para reajustar os valores devidos em impostos diariamente. Além disso, também era estabelecida a UFIR "cheia" (mensal), que correspondia à soma dos valores diários ao longo de um mês.

Com a utilização da UFIR, era possível realizar a atualização dos valores dos tributos de acordo com a variação dos juros praticados no mercado financeiro. Isso garantia que os montantes a serem pagos pelos contribuintes acompanhassem as mudanças no cenário econômico.

Entretanto, é importante ressaltar que a UFIR foi extinta em 2000, sendo substituída por outros índices de reajuste, como o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M), que passaram a ser utilizados como referência para a atualização monetária de tributos.

A utilização da UFIR foi uma medida adotada no passado para garantir a correção monetária dos valores dos impostos, de forma a manter a justiça fiscal e acompanhar as flutuações econômicas do período.

Voltar para ajuda