Entenda o que são ações de terceira linha e se vale a pena investir nelas

Publicado por Ricardo B.
Compartilhar o artigo Entenda o que são ações de terceira linha e se vale a pena investir nelas no Facebook

O que são ações, todos já sabem. Ou, pelo menos deveriam saber, já que estão em um blog voltado exclusivamente para o público investidor, não é mesmo? Agora, quando o assunto é ações de terceira linha, a coisa engrossa um pouco mais. Se nunca ouviu falar sobre ou quer saber mais a respeito, veio ao lugar certo.

O que são ações de terceira linha?

Para entender o que são, será preciso dar um passo para trás e conhecer também as ações de primeira e segunda linha, as blue chips e mid caps respectivamente.

Ações de primeira linha, Blue chips

São ações que, devido ao alto volume de negociação e também pelo fato de pertencerem a grandes companhias, são consideradas de primeira linha. Ou seja, a liquidez dessas ações é tão boa que, dificilmente não existam interessados em negociá-las com rapidez.

Embora muita gente associe as ações de primeira linha com o índice Ibovespa, na prática, não é bem assim, pois somente esses dois fatores que citei antes, podem definir a qual linha elas pertencem, diferentemente do índice, que possui seus próprios critérios de composição.

Ações de segunda linha, Mid Caps

As ações de segunda linha ou Mid Caps, como são conhecidas, pertencem a um grupo intermediário. Fica ali no meio termo entre as ações de primeira e terceira linha. Pertencem a empresas de médio porte, cuja liquidez é mediana. Ou seja, o volume de negociação não é tão grande e intenso quanto às ações Blue Chips.

Ações de terceira linha, Small Caps

A própria tradução de small, já diz tudo: pequeno. Portanto, as ações de terceira linha pertencem às empresas de pequeno porte e, por esse mesmo motivo, a negociação na bolsa de valores, ao contrário das outras linhas, é tão baixa que, quase não têm liquidez.

É arriscado investir em ações de terceira linha?

Embora as ações de terceira linha não possuem muita liquidez, esse fato não pode ser confundido com empresas de má qualidade. Assim como existem boas e péssimas escolhas entre as Blue Chips, o mesmo ocorre com as Mid Caps e também com as Small Caps.

O fato é que, ao investir em ações de terceira linha, o investidor assume outros riscos além da baixa liquidez, como por exemplo, a ausência de parâmetros para a precificação, carência de informações relevantes sobre a empresa, incertezas operacionais e financeiras ou, simplesmente, se tratar de um mico do mercado de ações.

Por outro lado, há de se convir que, as ações de terceira linha, podem sim representar a fatia de uma empresa em potencial, com uma ideia ou um produto essencial para as pessoas e que, se concretizando esses fatores, em poucos anos, traria resultados expressivos.

E como saber se vale a pena investir em ações de terceira linha?

Essa é uma resposta muito simples; basta que você siga as mesmas orientações para as ações de primeira e segunda linha e estude muito a companhia e o setor em que ela atua.

Esteja certo de que trata-se de uma boa administração, que tenha potencial de crescimento e, jamais, em hipótese alguma, invista altos valores nela, destinando para esse objetivo, apenas uma pequena fração da sua carteira, caso acredite fidedignamente, nas suas convicções pós estudo. 

Uma boa dica que costumo dar aos meus leitores é, use o sistema de controle de carteira de ações do controlAção!, para criar uma carteira virtual e estudar as ações candidatas a compor a sua carteira real.

Através do sistema, você conseguirá criar até 5 abas, com carteiras diferentes e para os mais variados objetivos. Então, em uma dessas abas, coloque as ações de terceira linha que você separou.

Elas ficarão em uma espécie de “radar” de investimentos, dentro do sua carteira, para que você faça simulações e aportes durante alguns meses, seguindo um paralelo do mercado de ações.

Praticando com esse exercício que mencionei, aos poucos, você entenderá os movimentos dessas ações e conseguirá visualizar se vale ou não a pena, destinar recursos de investimentos para elas.

Controle a sua carteira de ações

Cadastre-se GRÁTIS, sem compromisso e teste por até 7 dias!

Trimestral
10% de desconto
de R$ 29,70 por
R$ 26,70
Semestral
20% de desconto
de R$ 59,40 por
R$ 47,40
Anual
30% de desconto
de R$ 118,80 por
R$ 82,80
Bienal
40% de desconto
de R$ 237,60 por
R$ 141,60
Cadastre-se sem compromisso!

Ajuda Financeira de A à Z