A importância da balança comercial para a economia

Publicado por Ricardo B.
Compartilhar o artigo A importância da balança comercial para a economia no Facebook

É bem provável que você tenha ouvido algum daqueles jornalistas, especialistas em economia, dizer entre uma chamada e outra: “o balanço comercial do país registrou déficit bla bla bla”. Estou certo? Mas o que é balanço comercial, déficit ou superávit comercial, afinal?

Se essa é a sua dúvida, considere ler o artigo até o final para entender melhor, do que se trata esse termo tão utilizado no mercado financeiro.

O que é balança comercial?

A balança comercial, nada mais é do que o registro da importação ou exportação de produtos ou serviços entre países que possuem uma estreita relação de comércio.

Calcular o resultado dessa conta é bem simples e pode ser aplicado através de uma continha básica, em que se subtrai a importação da exportação e se obtém o resultado:

  • Saldo da balança comercial = exportação - importação;

Portanto, a balança comercial reflete a diferença entre o que o país arrecadou com as exportações e o que gastou com as importações.

O que é déficit ou superávit comercial?

Quando o resultado dessa continha é negativo, ou seja, as importações são maiores que as exportações denominamos déficit comercial. Já se o resultado for positivo, chamamos de superávit comercial.

Qual a importância do balanço comercial na economia?

Para compreender essa importância, vamos usar um exemplo simples. Digamos que um dono de um mercadinho, no mês passado realizou mais vendas do que compra dos seus produtos estocados. Obviamente, ele obteve lucro e, com sabedoria, pode investir essa receita em melhorias e expansão do seu negócio.

Agora, se ocorrer o processo contrário nesse mês, e o dono do mercadinho precisar realizar mais compras do que vendas, terá que recorrer a reservas financeiras, empréstimos e, dependendo de como anda suas finanças, poderá até se tornar um devedor para os seus distribuidores, sistema bancário ou outros.

Devida as proporções, com o país ocorre o mesmo processo. Quando ele exporta - ou vende - os seus bens, mais do que importa - compra - de outros países, esse fato reflete diretamente na economia interna, melhorando consideravelmente, diversos aspectos como a valorização da moeda, inflação, crescimento econômico, enfim.

A princípio, parece mais um daqueles jargões do Willian Bonner, mas balanço comercial, déficit, superávit ou até mesmo o equilíbrio comercial, é mais importante do que parece ser. Tem uma forte relação com o produto interno bruto, que falarei em um outro artigo, além de impactar indiretamente, no seu bolso e qualidade de vida em nosso país.

Espero que tenha gostado de mais um artigo que escrevi, especialmente para você! Não esqueça de deixar o seu comentário e compartilhar com os amigos.

Controle a sua carteira de ações

Cadastre-se GRÁTIS, sem compromisso e teste por até 7 dias!

Trimestral
10% de desconto
de R$ 29,70 por
R$ 26,70
Semestral
20% de desconto
de R$ 59,40 por
R$ 47,40
Anual
30% de desconto
de R$ 118,80 por
R$ 82,80
Bienal
40% de desconto
de R$ 237,60 por
R$ 141,60
Cadastre-se sem compromisso!

Ajuda Financeira de A à Z