Aprenda a lançar ordens de compra e venda

Publicado por Ricardo
Compartilhar o artigo Aprenda a lançar ordens de compra e venda no Facebook

Embora o controlAção seja um sistema simples e bastante intuitivo, é muito comum que alguns novos usuários entrem em contato pedindo ajuda para iniciar as suas operações. Sendo assim, falarei um pouco sobre esse processo, partindo do princípio de que você já se cadastrou através do site e realizou o login no item “Minha Carteira”, localizado no canto superior direito do nosso site.

Acessar a Minha Carteira

Ao acessar a sua carteira pela primeira vez, note que todos os itens do menu não possuem conteúdo algum e  mensagens informativas, são exibidas em cada um desses itens, dizendo que não há o registro. Então, o primeiro passo antes de lançar uma ordem de compra ou venda, é realizar pelo menos um lançamento em sua conta. Caso você tente lançar ordens antes disso, uma mensagem dizendo que não há saldo suficiente será exibida.

O saldo de sua conta margem é insuficiente

Realizando um lançamento na conta margem

Para realizar um lançamento, acesse o item “Conta Margem” no menu superior da sua carteira. No canto direito, clique no botão “Lançamento”. Uma janela para preenchimento dos detalhes do lançamento será aberta. No campo “Descrição”, coloque informações que detalhem o tipo de lançamento que está realizando (ex. Depósito em Conta). Em “Operação”, selecione no grupo “Receitas” o item “Entradas em Geral”. A seguir, no campo “Valor”, preencha com a quantia suficiente para realizar a ordem desejada. E finalmente na “Data”, selecione o dia da operação e clique no botão “Salvar”. Pronto, agora você já pode realizar a ordem de compra.

Lançamento na conta margem

Nesse ponto, vale a pena uma pausa para exemplificar a maneira que considero ser a mais correta para lançamentos na conta margem. Para um acompanhamento mais eficaz da sua carteira de ações, procure sempre acompanhar a movimentação da sua conta na corretora, lançando sempre as mesmas quantias de entrada e saída. Por exemplo: se você depositou R$ 1000, lance na sua carteira também R$ 1000,00. Se houve um débito de R$ 10,00, referente a impostos retidos na fonte, lance na sua carteira a saída de R$ 10,00, detalhando no campo descrição, a origem do encargo. Se houve o depósito de proventos no valor de R$ 50,00, lance na sua carteira o pagamento do provento no valor de R$ 50,00 e descreva o tipo de provento e qual empresa fez o pagamento.

Configurando as taxas da corretora

Antes de lançar qualquer ordem de compra ou venda, é possível configurar as taxas praticadas pela corretora. Essa flexibilidade permite que para cada ordem, você configure valores diferentes. Assim, você não ficará limitado a uma única corretora ou, caso a corretora reajuste os valores, você poderá configurá-los sem perder as taxas que já foram praticas anteriormente.

Para configurar as taxas, clique no item “Taxas”. Um formulário para o preenchimento das taxas será aberto. É possível configurar as três taxas, Emolumentos, Taxa de Liquidação e Corretagem. Existem situações em que o usuário conhece apenas o valor ou percentual final cobrado pela corretora. Nesse caso, pode ser preenchido apenas o campo corretagem com o valor em reais ou percentuais desejados.

O uso correto das taxas, de acordo com o que é praticado pela corretora, permite o cálculo correto do preço médio, que menciono no artigo "Como é calculado o preço médio da sua carteira".

Taxas da Corretora

Lançando ordens de compra

Agora que você já realizou o lançamento na conta margem e configurou as taxas praticadas pela sua corretora, acesse o item “Ordens” e clique no botão “Nova Ordem”, localizado no canto direito da carteira. Uma janela para o preenchimento da ordem será aberta. No campo “Ações”, procure o ativo desejado. A seguir, no campo “Quantidade”, preencha o número de ações adquiridas. No campo “Tipo”, selecione “Compra” e depois, por fim, selecione a data da operação.

Nova ordem de compra

Caso o valor em conta ainda seja inferior ao valor de compra, uma mensagem dizendo que o valor para compra é insuficiente, será exibida.

Existe a possibilidade de lançar ordens retroativas, porém, o histórico de cotações do sistema tem início em Janeiro de 2012. Portanto, antes desse período, o relatório não conseguirá mostrar os resultados.

E o que acontece depois?

Se tudo ocorreu normalmente com o lançamento da ordem, a sua carteira terá algumas mudanças que serão facilmente notadas. No canto esquerdo, um quadro com detalhes, como valor de abertura, mínima, máxima e variação da ação adquirida será exibido.

No item “Resumo”, aparecerá uma tabela com detalhes da sua carteira, como o valor de compra, preço médio, cotação, ganho ou perda, valor atual, entre outros.

Na “Conta Margem”, uma linha com os detalhes da compra será exibida na cor vermelha, além dos detalhes como saldo disponível para aplicação, total em aplicações, percentual de lucro ou prejuízo da carteira, total geral, enfim.

Ao clicar no item “Relatórios”, também será possível acompanhar um gráfico com a evolução simultânea da aplicação e evolução da carteira.

Bom, resumidamente, esse é o princípio básico para iniciar as operações na ferramenta. Claro que a prática é a melhor maneira de se aprender. Então, mãos à obra!

Abraços e sucesso!

Controle a sua carteira de ações

Cadastre-se GRÁTIS, sem compromisso e teste por até 7 dias!

Mensal
R$ 9,90
Trimestral
10% de desconto
de R$ 29,70 por
R$ 26,70
Semestral
20% de desconto
de R$ 59,40 por
R$ 47,40
Anual
30% de desconto
de R$ 118,80 por
R$ 82,80
Cadastre-se sem compromisso!

Ações mais visitadas

BBAS3
Ver Análise
R$ 31,55
1,94%
CARD3
Ver Análise
R$ 10,13
0,90%
PETR4
Ver Análise
R$ 15,51
1,04%
VALE5
Ver Análise
R$ 33,36
1,55%
OGXP3
Ver Análise
R$ 3,21
1,90%
Acompanhe outras ações

Ajuda Financeira de A à Z