Significado de Quase-moeda

Compartilhar o significado de Quase-moeda no Facebook

O termo quase-moeda refere-se ao conjunto de ativos do sistema financeiro não monetário, composto principalmente pelos débitos ou compromissos das instituições financeiras, especialmente as governamentais. Esses ativos se caracterizam por sua grande liquidez, podendo ser facilmente convertidos em meio de pagamento.

Exemplos de quase-moeda incluem os depósitos de poupança, os títulos emitidos pelo governo e os depósitos a prazo, entre outros. Esses ativos podem ser utilizados como forma de pagamento, influenciando a demanda por bens e serviços e, consequentemente, contribuindo para a variação no nível geral de preços, ou seja, para a inflação.

A capacidade da quase-moeda de se transformar em meio de pagamento é essencial para o funcionamento do sistema financeiro, impactando diretamente na economia de um país. Por isso, é importante compreender a relação entre a quase-moeda, a moeda legal, a moeda escritural e a teoria quantitativa do valor da moeda.

Em suma, a quase-moeda desempenha um papel fundamental na economia, atuando como um intermediário entre os ativos financeiros e os meios de pagamento, influenciando a demanda e contribuindo para a estabilidade ou instabilidade dos preços. Portanto, seu estudo e compreensão são essenciais para uma análise mais aprofundada do sistema financeiro e econômico de um país.

Voltar para ajuda