Significado de Moeda escritural

Compartilhar o significado de Moeda escritural no Facebook
Ordem de pagamento que se originou da generalizacao do uso do pa pelmoeda. A abertura de uma conta corrente por meio de determinado deposito em dinheiro (papelmoeda) permite a qualquer pessoa mo vimentar esse fundo depositado no banco me diante cheque, a moeda escritural mais utilizada atualmente, ou uma ordem de pagamento. Ocor re que nem sempre um cheque emitido para pa gar uma compra e transformado em dinheiro por meio de saque direto na caixa do banco. Ele pode ser depositado em outra conta corrente ou circular por muitas maos como pagamento de dividas, bens ou servicos, podendo acontecer, por exemplo, quando alguem paga um taxi com cheque e o taxista, em vez de depositalo dire tamente em sua conta num banco, paga o abas tecimento de combustivel de seu carro num pos MOEDA ADMINISTRADA406 to de servico, e so entao o cheque e definitiva mente depositado num banco. O deposito em cheque significa que o seu emissor autoriza o banco que mantem seus fundos em conta cor rente a transferir o valor declarado para a conta de outra pessoa. Se esta tem sua conta em outro banco que nao o do emissor, a transferencia so se concretiza depois da passagem do cheque pela Camara de Compensacao, onde os bancos acertam suas contas, isto e, somam as impor tancias pagas e recebidas por meio de cheques em suas respectivas agencias. Mas nem as dife rencas apuradas na Camara de Compensacao sao pagas em papelmoeda de um banco para outro, e sim mediante cheque sacado de contas que cada banco mantem no Banco Central (ou do Brasil) para zerar as posicoes no final de cada dia. Dessa forma, apenas uma parte dos cheques emitidos sao transformados em moeda legal (pa pelmoeda) e, portanto, os bancos podem am pliar o credito a seus clientes sobre o papelmoe da depositado, abrindo contas para eles e co brando juros sobre esses emprestimos. A moeda escritural e, portanto, um multiplo do total de papelmoeda depositado junto aos bancos. Em cada epoca e em cada economia existe uma re lacao entre moeda legal (papelmoeda) em caixa nos bancos e o total de moeda escritural criada por estes. Se essa relacao for ultrapassada, o sis tema corre perigo, ou o banco que praticar essa elevacao corre o risco de nao poder resgatar em papelmoeda os cheque que forem apresentados em suas agencias para tal fim, o que podera pro vocar uma corrida ao banco e, consequentemen te, sua quebra. O Banco Central tem normas e dispositivos de controle que todos os bancos de vem seguir para evitar que isso aconteca. No entanto, como os bancos ganham em proporcao ao volume de recursos que emprestam, isto e, ao volume de moeda escritural criada, muitas vezes um banco encontra meios de burlar esses limites, colocando em perigo a credibilidade do sistema como um todo. Por outro lado, essa re lacao entre a moeda legal disponivel num banco e a moeda escritural criada (encaixe) permite avaliar o impacto de uma elevacao das emissoes de papelmoeda, ou a ampliacao da base mo netaria sobre o conjunto de meios de pagamento numa economia. Veja tambem Banco Central; Deposito Compulsorio

Voltar para ajuda