Significado de Modelo harrod-domar

Compartilhar o significado de Modelo harrod-domar no Facebook
Modelo do pro cesso de crescimento economico que e uma sin tese do trabalho independente de dois econo mistas, o ingles Roy F. Harrod e o norteame ricano Evsey D. Domar. O primeiro sustentou que a taxa de investimento precisa ser igual a taxa de poupanca, o que e uma condicao sufi ciente para o crescimento equilibrado. Para Do mar, e necessario haver uma segunda igualdade: entre o crescimento da renda e o crescimento da capacidade produtiva. O Modelo HarrodDo mar pode ser visto como uma tentativa de con cretizar a teoria keynesiana da determinacao di namica da renda, considerando o efeito de certas variaveis de tempo. Os elementos basicos do modelo de crescimento de longo prazo sao os seguintes: 1) uma funcao de producao, onde o produto Q resulta do total de capital (k) empre gado, multiplicado pela relacao produtocapital (v), de tal forma que Q = k.v. A relacao produ tocapital e definida como a quantidade de ca pital necessaria para produzir uma unidade de produto, e o modelo supoe que ela permaneca constante; 2) uma concepcao de poupanca ba seada na propensao a poupar de Keynes, esta belecendo que a poupanca total (S) num periodo qualquer e uma determinada porcentagem (s) da renda ou do produto total (Q) daquele pe riodo, de tal forma que S = s.Q; 3) supoe que o pleno emprego do capital, ou seja, toda a pou panca e investida e se agrega ao estoque de capital, de tal forma que S = I = dk, onde I = investimento. O capital e o unico fator de pro ducao explicitamente considerado no Modelo HarrodDomar. O trabalho se combina com o capital em proporcoes fixas, nao havendo a preocupacao em articular aumentos populacio nais ou da forca de trabalho com mudancas de rivadas da demanda de trabalho na medida em que a acumulacao de capital se desenvolve. Su pondo que a relacao produtocapital seja igual a 1/4, ou melhor, que para produzir uma uni dade de produto sejam necessarias quatro uni dades de capital, e que a propensao a poupar seja 25% (sendo os restantes 75% da renda des tinados ao consumo) e que o processo tem inicio com estoque de capital de 400, o produto no primeiro ano sera igual a 400x1/4 = 100. Deste total, 75% serao consumidos e 25% poupados, resultando um incremento do estoque de capital de 25% de 100 = 25, determinando, portanto, um estoque de capital no ano seguinte de 425, o que resultara um produto de 106,25 unidades e assim sucessivamente. Supondo que o cresci mento demografico seja aproximadamente de 3% ao ano, o mesmo acontecendo com a forca de trabalho, os resultados numericos num pe riodo de cinco anos sao os seguintes: Onde (c) = consumo, (p) = populacao, (q/p) = renda per capita

Voltar para ajuda