Significado de Isolacionismo

Compartilhar o significado de Isolacionismo no Facebook

O isolacionismo é uma doutrina de política externa que preconiza a manutenção de relações mínimas ou até mesmo a completa ausência de relacionamento de um país com outros. Um exemplo marcante desse tipo de política foi a adotada pelo Japão a partir do século XVII, quando quase todos os estrangeiros foram expulsos e foram impostas restrições severas ao comércio e aos contatos externos.

O termo "isolacionismo" entrou no vocabulário internacional principalmente devido à política externa dos Estados Unidos, que em diversos momentos foi caracterizada como isolacionista. A Doutrina Monroe, a relutância em participar da Primeira Guerra Mundial e a recusa em aderir à Liga das Nações são exemplos claros desse posicionamento.

Durante a Segunda Guerra Mundial, os Estados Unidos mantiveram uma postura inicial de isolacionismo, só entrando no conflito após o ataque japonês a Pearl Harbor. Essa postura de evitar conflitos internacionais e manter-se à parte de alianças ou organizações internacionais tem sido uma característica recorrente da política externa americana em diversos momentos da história.

Além dos Estados Unidos, outros países também adotaram políticas isolacionistas em determinados períodos. A China durante a Revolução Cultural e a Albânia após o rompimento político com a China são exemplos mais recentes de países que buscaram se isolar do cenário internacional e restringir seus contatos com o exterior.

Em um mundo cada vez mais interligado e globalizado, as políticas isolacionistas podem ter tanto aspectos positivos, como a preservação da identidade cultural e a autonomia política, quanto aspectos negativos, como o isolamento econômico e a falta de cooperação em questões internacionais. É importante encontrar um equilíbrio entre a manutenção da soberania nacional e a participação construtiva na comunidade global para garantir um desenvolvimento sustentável e a harmonia entre as nações.

Voltar para ajuda