Significado de Fetichismo da mercadoria

Compartilhar o significado de Fetichismo da mercadoria no Facebook
Conceito da economia marxista segundo o qual nas condi coes da producao mercantil, baseada na proprie dade privada dos meios de producao, desenvol vese a ilusao ou representacao ideologica de que as mercadorias sao dotadas de propriedades inatas, forcas extrahumanas que terminam por influir no destino das pessoas. Tratase, portan to, de algo analogo ao fetichismo religioso do selvagem, que diviniza os objetos por ele mesmo produzidos. Segundo Marx, esse fenomeno ocorre porque, numa economia em que a divisao social do trabalho alcancou grande complexida de e na qual os produtores (trabalhadores) nao tem nenhum controle sobre o produto de seu trabalho, os vinculos entre os individuos e os grupos sociais aparecem sob a forma de troca de coisasmercadorias e nao claramente como relacoes sociais entre classes. Nesse contexto, as mercadorias nao se apresentam como resultado do trabalho humano apropriado pelo capitalista, mas como coisas dotadas de vida propria. As relacoes entre objetos, coisas, mercadorias mas caram as relacoes sociais, as formas de proprie dade, a alienacao real que existe entre o traba lhador e os objetos por ele criados. O fetichismo da mercadoria revelase com maior intensidadeno dinheiro, que se apresenta, nas relacoes so ciais, dotado de uma forca sobrenatural que pro porciona poder a seus possuidores. Supoese que a capacidade de tudo poder comprar seja uma propriedade natural da moeda, do ouro, quando na realidade essa forca estranha e de terminada nao pelo dinheiro em si, mas pelas relacoes sociais entre produtores de mercado rias

Voltar para ajuda