Significado de Cesp - Companhia Energetica de sao Paulo

Compartilhar o significado de Cesp - Companhia Energetica de sao Paulo no Facebook

A Companhia Energética de São Paulo, conhecida como Cesp, é uma empresa estatal paulista vinculada à Secretaria de Obras e Meio Ambiente e associada à Eletrobras. Fundada em 1966, a Cesp resultou da fusão de onze empresas estaduais de energia elétrica e da incorporação de várias usinas, algumas por meio de nacionalização. Além do governo de São Paulo, seu acionista majoritário, participam do seu capital a Eletrobras, a Fundação Cesp e várias outras entidades e órgãos públicos e particulares. Em 1983, a Cesp era a terceira maior empresa do país em patrimônio líquido, ficando atrás apenas da Eletrobras e da Petrobras.

Em 1975, a empresa assumiu o controle acionário da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), antiga Amforp, incorporada pela Eletrobras em 1965. No ano de 1977, teve seu nome alterado de Centrais Elétricas de São Paulo S.A. para o atual, ampliando seu campo de atuação para outras áreas energéticas. Em 1979, a Cesp constituiu, juntamente com o Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), o consórcio Paulipetro para exploração de petróleo, porém sem sucesso, sendo desativado em 1983.

Ao ser fundada em 1966, a Cesp possuía uma potência instalada de 662 mil quilowatts, e em dezembro de 1988, essa potência aumentou para 9 milhões de quilowatts. Suas principais usinas incluem Cachoeira de Itapura, Engenheiro Souza Dias (antiga Jupiá), Ilha Solteira, Água Vermelha e Paraibuna, totalizando uma capacidade significativa de geração de energia elétrica.

Com suas novas usinas de Porto Primavera, Rosana, Taquarucu e Três Irmãos, a Cesp conseguiu produzir, em 1988, 83% da energia elétrica consumida no Estado de São Paulo. Além disso, a empresa mantém programas de reflorestamento, piscicultura e desenvolvimento socioeconômico em suas áreas de atuação, buscando compensar os impactos ambientais de suas operações e contribuir para o desenvolvimento sustentável. A Cesp também investe em projetos de fontes alternativas de energia, como metanol, solar, biomassa, hidrogênio e processos eletroquímicos, visando à diversificação de sua matriz energética e à promoção da sustentabilidade.

Voltar para ajuda