Significado de Carência

Compartilhar o significado de Carência no Facebook

Carência é um termo comum no mercado financeiro que se refere ao período mínimo determinado para o investidor ficar com os recursos aplicados, tendo direito à rentabilidade integral do período. Em outras palavras, é o tempo que o investimento precisa ficar aplicado para que o investidor possa usufruir de todos os rendimentos gerados.

No entanto, caso o investidor deseje resgatar o dinheiro antes do término da carência, ele pode acabar perdendo parte da rentabilidade do investimento. Isso acontece porque, ao resgatar antes do prazo estipulado, o investidor pode ter direito a resgatar apenas o valor principal aplicado ou, no caso de fundos de investimento, o valor da cota do dia do resgate - que pode ser menor do que a cota de aplicação, resultando em prejuízo.

Na indústria de fundos, é comum que os administradores estabeleçam taxas que penalizam os cotistas que desejam resgatar antes do prazo de carência. Essas taxas, conhecidas como taxa de saída ou taxa de resgate antecipado, têm o objetivo de desencorajar os resgates antes do tempo estabelecido, garantindo assim a estabilidade e a rentabilidade dos fundos para todos os cotistas.

Portanto, a carência é um importante aspecto a se considerar ao decidir onde investir o seu dinheiro. É fundamental entender as condições estabelecidas pelos produtos financeiros, avaliar o seu perfil de investidor e ter clareza sobre os possíveis impactos de um resgate antecipado. Dessa forma, é possível tomar decisões mais conscientes e alinhadas aos seus objetivos financeiros a longo prazo.

Voltar para ajuda

Termos Relacionados a sua Pesquisa: