Significado de Acordo Internacional do Café

Compartilhar o significado de Acordo Internacional do Café no Facebook

O acordo internacional do café, nada mais é do que um convênio firmado em Nova York na década de 60.

Os países produtores de café e os principais paises consumidores do produto, com o objetivo de criar meios internacionais para controlar a produção e comercialização do mesmo, fizeram esse acordo.

Em 1957, em decorrência dos problemas causados pela superprodução cafeeira, verificou-se uma catastrófica desvalorização do produto no mercado internacional.

O acordo entrou em vigor em 1964 e, em 1965, os signatarios do acordo estabeleceram um sistema de cotas de exportação para cada pais produtos, assim como uma escala de preços.

Para manter o equilíbrio entre a oferta e demanda, a OIC (Organização Internacional do Café), foi autorizada a retirar do mercado a quantia de produto sempre que fosse verificadas quedas durante 15 dias consecutivos. O mesmo deveria ocorrer no caso de uma abrupta alta dos preços.

O acordo internacional do café é renovado periodicamente. Sempre que se estabelezem negociações, elas são acompanhadas de várias diverências entre os paises produtores e aquela que buscam vantagem na comercialização do produto.

Voltar para ajuda

Termos Relacionados a sua Pesquisa: